livro Educar para um Mundo Novo

A confusão entre educação e instrução dificulta cada vez mais a vida das pessoas. O processo educacional ultrapassou as fronteiras do sistema instrução/escola e é influenciado por todos os tipos de tecnologia de informação e comunicação, pelas pessoas que compõem o sistema social e pela família.

Doença, roubo, assassinato, agressão, fome, explorar e ser explorado, depressão, angústia, pânico... tudo isso é falta de uma educação que humanize.

O livro apresenta algumas questões urgentes a serem respondidas: Quem é o educando? Quem é o educador?

Quais os melhores métodos pedagógicos? A quem cabe participar da educação? Quando e de que forma posso atuar mesmo não sendo um educador profissional?

Analisamos as dificuldades íntimas inerentes a cada grupo envolvido na educação capaz de humanizar as pessoas.

Sugerimos algumas mudanças, fáceis,  simples e gratuitas.

Alertamos que as mudanças têm regime de urgência e que não podem ser adiadas sob pena de graves conflitos íntimos e coletivos.

Ao final fica claro que somos, ao mesmo tempo, alunos e mestres...

  185 páginas - R$ 21,00